sábado, 23 de janeiro de 2016

Herege - Ayaan HIrsi Ali - Resumo da introdução

“Herege é o livro escrito por Ayann Hirsi Ali, uma dissidente do islamismo, e foi publicado no Brasil pela editora Companhia das Letras.

Neste livro, ela sustenta que a violência cometida por muitos muçulmanos tem raízes na própria religião islâmica, e não em alguma causa exógena.

Em sua introdução, ela subdivide os muçulmanos em três grupos:

1 – Os de Medina: violentos, fundamentalistas;

2 – Os de Meca: querem viver mais pacificamente, a grande maioria, mas que constantemente correm o risco de aderirem ao primeiro tipo;

3 – Os modificados: dos quais ela faz parte, e que desejam reformar o Islã.
Ela quer falar principalmente ao segundo grupo, para que possam repensar sua religião.

Ela defende que pelo menos cinco pontos de reforma:

1 – A posição de Maomé como semidivino e infalível, juntamente com a interpretação literal do Alcorão, em especial as partes que foram reveladas em Medina.

2 – O investimento em uma vida após a morte em detrimento de uma vida antes da morte;

3 – A sharia, o conjunto de leis derivadas do Alcorão, o hadith (ditos de Maomé) e o resto da jurisprudência muçulmana;

4 – A prática de dar a indivíduos o poder de aplicar a lei islâmica, ordenando o certo e proibindo o errado;

5 – O imperativo de fazer a jihad, ou a guerra santa.

HIrsi faz um apelo para os liberais do ocidente em relação ao fato de colocem as liberdades ocidentais em risco ao defenderem, muitas vezes, os ditos muçulmanos moderados, e não darem ouvidos àqueles que alertam que o Islã precisa de uma reforma. Países de grande maioria muçulmana violam institucionalmente os direitos humanos assim considerados no ocidente, como por exemplo, a Arábia Saudita que proíbe que mulheres dirijam, ou o Irã, que condena homossexuais, além de manifestações horríveis de fanatismo, como no Paquistão, país de grande maioria muçulmana.


A autora nasceu na Somália, viveu em Meca, fugiu para a Holanda, e hoje mora nos EUA. Gostei muito deste livro. É uma obra que vale a pena ser lida. 
Tentarei reproduzir o resumo da obra em futuras postagens.

Resumo da introdução do livro "Herege"
Pixabay

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...