sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

A piedade como fonte de lucro


Blog do Manga
... supondo que a piedade é fonte de lucro (1 Timóteo 6.5).

 

Fico me perguntado: será que há coisa mais deplorável do que utilizar-se da piedade como fonte de lucro? Utilizar as pessoas como mercadorias, explorar-lhes a fé, enriquecer às custas delas? Sou muitíssimo mais favorável a qualquer ganancioso capitalista que, através do mercado, da concorrência, da disputa, busca enriquecer-se do que o que utiliza do evangelho para alcançar tal fim. O verdadeiro profeta imita a vida do seu Senhor. A única coroa que Cristo recebeu neste mundo foi uma coroa de espinhos.  Os verdadeiros cristãos buscam viver uma vida simples, como foi a vida de seu Senhor, ainda que vivam, ora na abundância, ora na falta.

Uma coisa interessante é que a Escritura condena a piedade como fonte de lucro. Veja. Condena a "piedade". Ou seja, mesmo se fizer tudo certinho, como tem que ser feito, sem distorções, sem heresias, mas a intenção já for o lucro, não é algo aprovado. Imagine então quando há somente uma aparência de piedade. Vendas de sabonetes que lavam o pecado, águas que purificam, vassouras que varrem o mau olhado, canetas ungidas, e por aí vai... Acho que nem Paulo imaginou tanta criatividade assim dos modernos ministros...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...