quinta-feira, 10 de outubro de 2013

A verdadeira experiência com Deus

Profeta Isaías

Quais são as verdadeiras características de alguém que teve uma experiência real de Deus?

Meditando no texto de Isaías 6, podemos ver algumas características de alguém que teve um encontro real com Deus.

Primeiramente ele teve um vislumbre da soberania e da santidade de Deus.

Ele disse que viu o Senhor "assentado em um alto e sublime trono" (v. 1) e que os anjos ao redor do trono clamavam uns para os outros dizendo "Santo, Santo, Santo é o Senhor dos exércitos.

Ou seja, Isaías recebeu uma real percepção de que o Senhor é o verdadeiro governante do Universo, e de que este mesmo Senhor é três vezes Santo (revelação da Trindade no Antigo Testamento). Tão Santo a ponto dos serafins, membros de uma superior ordem angelical, sentirem vergonha de estarem diante do trono, tendo em vista que cobriam os seus rostos e os seus pés.

Assim também, hoje em dia, quem diz ter tido uma real experiência de Deus, deve ter esta percepção da soberania e da santidade de Deus, sendo-lhe um filho obediente e alguém que tente buscar viver em santidade.

Em segundo lugar, a verdadeira experiência de Deus leva a pessoa a ter uma real experiência de si próprio.

Isaías disse de si mesmo: "Ai de mim! Estou perdido! porque sou homem impuro, habito no meio de um povo de impuros lábios...".

A real experiência com a santidade de Deus nos contrapõe em nosso estado de miserabilidade e de pecado.

O que mais caracteriza a experiência com Deus é justamente esta percepção, de que, diante da santidade de Deus, somos todos pecadores.

É somente isso que nos pode levar ao ponto do arrependimento e sermos perdoados por Deus.

A brasa na língua de Isaías, provavelmente retirada do altar do sacrifício apontava para a redenção. Brasa na língua, em tese, deve doer. O sacrifício da redenção operou dor. Mas o pecado de Isaías, por conta desta percepção e arrependimento implícito do pecado, operados pela graça de Deus, o levou ao perdão. O texto diz que o pecado de Isaías foi "removido" e "perdoado".

Daí, percebemos a terceira característica de alguém que teve uma real experiência de Deus: é alguém que se sente perdoado pelo Senhor.

Este texto é tão rico que poderia escrever muito mais sobre a experiência de Isaías. A quarta característica de alguém que teve uma experiência de Deus é o fato de ter interesse pela obra de Deus. Isaías, ao ouvir o Senhor dizer "a quem enviarei, quem irá por nós" prontamente se ofereceu: "eis-me aqui, envia-me a mim".

Ou seja, quem tem uma real experiência de Deus, quer viver para Ele. Todos os demais propósitos da vida se apequenam diante do desejo de servir ao Senhor. Ele fará tudo, ainda que no começo possa resistir, para agradar Aquele que o chamou.

Assim também nós, se entendemos hoje que tivemos uma real experiência de Deus, devemos fazer o que estiver ao nosso alcance para poder servi-lo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...