Política e serviço

fonte: pragmatismo político


Jesus deixou um exemplo de abnegação e humildade ao dizer que veio ao mundo para servir, e não para ser servido.

Esta mentalidade, pouco a pouco, foi tomando corpo no ocidente, a ponto dos funcionários públicos passarem a ser chamados de servidores públicos.

Entretanto, infelizmente, nossos políticos, que deveriam ser nossos servidores, fazem justamente ao contrário.

Eles não servem ao povo, e sim, se servem do povo.

Pior ainda quando vemos tais atitudes nos auto denominados políticos evangélicos que poderiam aproveitar o momento e fazer muito diferente.

Quando fazem do público, privado, e tomam para si regalias distantes da maior parte dos brasileiros.

Em momentos de crise, todos são desafiados a poupar, a se sacrificar.

Entretanto estes, sejam de qualquer esfera do poder, envergonham os que nada têm, quando, esbanjam do que poderia ser supérfluo.

Congressista tinha que ir trabalhar de transporte público, ou particular. Não tem que ter auxílio moradia de nada. Tem que tirar todos os recursos dos seus próprios proventos, como todos os brasileiros.

A cada dia acredito menos no Estado e em seus representantes, que tudo o que sabem fazer é aumentar impostos, utilizarem do público como privado, aumentarem seus próprios benefícios.

Comentários

Mais visitadas do mês

Manaém, o colaço de Herodes

Aprendendo com os erros do Rei Amazias

Os discípulos ocultos de Jesus

Resenha da obra "Ego Transformado", de Tim Keller

E não endureçais os vossos corações (Hebreus 3.7-13)

Panorama do Novo Testamento: O Evangelho de João

Acolhei ao que é débil na fé - uma reflexão sobre romanos 14.1

FONTES DA TEOLOGIA

Considerações acerca das bem-aventuranças

Quem veio primeiro: A Igreja ou as Escrituras?