Refugiados cristãos

Um município francês se comprometeu a receber uma família de refugiados somente se for composta de cristãos.

Para tanto, alegam que cristãos "não atacam trens e não decapitam seus chefes" (uma clara referência a violência praticada por muçulmanos na França ultimamente.

Ou seja, percebemos que o estigma da violência parece estar acompanhando a religião islâmica. Isso já associado a um preconceito já existente, mais diversos fatores, têm gerado situações deste tipo.

Leia tudo em o globo..

Comentários

Mais visitadas do mês

Manaém, o colaço de Herodes

Aprendendo com os erros do Rei Amazias

Os discípulos ocultos de Jesus

Resenha da obra "Ego Transformado", de Tim Keller

E não endureçais os vossos corações (Hebreus 3.7-13)

Panorama do Novo Testamento: O Evangelho de João

Acolhei ao que é débil na fé - uma reflexão sobre romanos 14.1

FONTES DA TEOLOGIA

Quem veio primeiro: A Igreja ou as Escrituras?

Considerações acerca das bem-aventuranças