sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Fábio Macari


Poucos hoje sabem, mas há uns vinte anos atrás, fiz parte de um grupo de hip hop, o Fatos Reais. Tocamos um tempo nas rádios segmentadas, fizemos muitas apresentações; ou seja, algum barulho, naquela época, com um som chamado “Terror no Carandiru”. O nosso produtor foi o Fábio Macari, o mesmo que produziu outros grupos, como o RPW, o Filosofia de Rua e o Facção Central.

Pois é. Eu não via o meu amigo há mais de dez anos. Ele, infelizmente, contraiu uma doença um tanto quanto grave, e está em tratamento. Meu amigo Luciano (Pregador Luo) chamou-me para visitar o Fábio, em uma cidade do interior, e eu fui.

Quando cheguei lá, foi grande a satisfação em conhecer o Renan, vocalista do grupo de rap “Inquérito”. O cara está fazendo mestrado em Geografia, na Unicamp, e professor nesta área. Sua dissertação tem a ver com uma pesquisa de diversos grupos de rap pelas diversas regiões do Brasil. Comentou comigo de um movimento inclusive entre os índios tupi-guaranis que lutam contra a ocupação do agronegócio (cana de açúcar). O Renan é muito inteligente, escreveu um livro “Poucas Palavras”, que ele mesmo editou, produziu e já esgotaram os primeiros mil exemplares.

Ainda em relação ao Fábio, ele se converteu há aproximadamente cinco anos. É um excelentíssimo produtor e uma enciclopédia viva, no que tange ao conhecimento musical. Ao que me consta, sempre se mostrou disponível em produzir vários grupos iniciantes, inclusive o meu, na época. Sempre cobrou pouco por isso (quando cobrou) e nem sempre foi devidamente pago, salvo melhor juízo. Mas como um missionário da música, colocou seu ideal em primeiro lugar, e isso nunca o impediu de produzir. Esta casado hoje com Andréa, que também foi de um grupo por ele produzido, e ela tem cuidado muito bem dele. O mais legal de tudo isso é que o Fábio está confiante, e otimista que ele irá superar esta fase.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...