sábado, 12 de julho de 2014

Porque Jesus disse que santificava a si mesmo?

"E a favor deles eu me santifico a mim mesmo, para que eles também sejam santificados na verdade" (João 17.19).

Santificação é um processo pelo qual vamos nos tornando mais parecidos com Deus. Algo que se inicia nesta vida, e que provavelmente continuará para sempre. O significado mais imediato de santidade é "separação", e denota a essência daquele que se separou de todo o mal e se abriu para o Pai de todas as luzes.
 
O curioso é que Jesus disse, em sua oração, que se santificava a si próprio. Curioso porque ele já é o santo por excelência. Nele não há trevas alguma, e o príncipe deste mundo, nada tem nele. Ele já era, é, e sempre será perfeito. O que significa Jesus dizer que precisava se santificar?
 
Acredito que podemos tentar entender esta declaração de Jesus por dois aspectos.
 
O primeiro, é entender sua declaração à luz da encarnação. As Escrituras nos afirmam que o Verbo se fez carne e habitou entre nós. Ou seja, a identificação de Cristo conosco foi total, excetuando-se o pecado. Por isso, Jesus teve que passar por todos os processos que identificam a caminhada humana rumo ao desenvolvimento espiritual. Ele, embora Filho, aprendeu a obediência por meio daquilo que sofreu (Hb 5.8). A perfeição de Jesus, neste sentido, não era uma perfeição estática, mas evolutiva, do ponto de vista de sua humanidade.
 
Entretanto, o segundo aspecto que aponta para o significado do que Jesus disse tem a ver com o seu sacrifício. Neste contexto, é como se Jesus tivesse dito: "A favor deles eu me sacrifico". E aqui vemos a estreita relação entre santidade e sacrifício. De fato, neste momento, Jesus já se preparava para os instantes finais de sua vida antes do seu sacrifício. E Ele deixa bem claro que está se santificando "em favor" dos discípulos com a finalidade de que "eles fossem santificados na verdade".
 
Que lições podemos aprender para as nossas vidas a partir daquilo que Jesus disse em sua oração sacerdotal?
 
Em primeiro lugar, que a santificação é algo que se faz em favor de alguém, e não somente de si próprio. É imenso o favor que você faz para o mundo, e, principalmente para aqueles que te rodeiam, quando se torna alguém mais santo. Não seria um grande privilégio conviver com o próprio Jesus em nossas vidas? E que privilégio grande poderíamos ter de conviver com alguém que tem se tornado mais santo, mais parecido com Ele a cada dia? Cuida, portanto, de tua própria santidade, e você já estará ajudando a muitas pessoas, ainda que indiretamente. Certamente, isto é muito melhor do que ficar cuidando da vida alheira.
 
Em segundo lugar, a santificação sempre envolve sacrifício. Quem quer evitar o sacrifício, ainda não entendeu o evangelho. No processo de santificação, nos sacrificamos em favor do outro. Vivemos também em favor daquilo que lhe é melhor, não buscando somente os nossos próprios interesses, assim como Jesus o fez. Ninguém tem maior amor do que esse, o de dar a vida em favor dos seus próprios amigos.
 
Em terceiro lugar, nos santificamos também com a finalidade de que outros sejam santificados na verdade. Essa é a própria essência de ser um cristão evangélico. Influenciar outras pessoas para que passem a amar a santificação. E ser santificados na verdade, não no erro, na mentira. E a Palavra de Deus é a verdade. O Evangelho é a verdade. Nos santificamos para que as pessoas ao nosso redor amem mais o Verbo, a Palavra, o Evangelho. Nos santificamos para que todos busquemos ser mais parecidos com Jesus. Nos santificamos para que cresça ao nosso redor as sementes para uma nova vida e uma nova esperança.
 
Ame a santidade e busque-a. Sem ela ninguém verá a Deus Ame-a. A santidade é a essência de Deus, e o desejo de todos aqueles que nasceram de novo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...