Papa fala acerca da perseguição aos cristãos e o silêncio das grandes potências

Hoje, muitos cristãos continuam a ser perseguidos no silêncio cúmplice de tantas potências: foi o que reiterou o Papa durante a Missa da manhã desta segunda-feira 07/09, na Casa Santa Marta. Estava presente o novo Patriarca de Cilícia dos Arménios, Gregório Pedro XX Ghabroyan, a quem o Papa concedeu a Comunhão eclesiástica com uma carta de 25 de julho passado.
Concelebrando juntamente com o Pontífice, realizando o rito da troca das Sagradas Espécies, confirmou a raiz eucarística da comunhão entre o Bispo de Roma, que preside na caridade, e a Igreja Patriarcal de Cilícia dos Arménios. Concelebraram a missa também o Cardeal Leonardo Sandri, Prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, e todos os bispos membros do Sínodo da Igreja Patriarcal Arménio-católica.
Leia tudo em Rádio Vaticano.

Comentários

Mais visitadas do mês

Manaém, o colaço de Herodes

Aprendendo com os erros do Rei Amazias

Resenha da obra "Ego Transformado", de Tim Keller

Acolhei ao que é débil na fé - uma reflexão sobre romanos 14.1

Os discípulos ocultos de Jesus

E não endureçais os vossos corações (Hebreus 3.7-13)

O crente egoísta

A fé segundo Rubem Alves

Panorama do Novo Testamento: O Evangelho de João

Lidando com a traição e as injustiças da vida - o exemplo de José do Egito