Ensinando a renúncia aos novos convertidos

O cristianismo consiste em ação voluntária. Aos recém-conversos é preciso ensinar que o dever da abnegação é uma das características primeiras do evangelho. Deveriam compreender que os conversos necessitam aprender que não serão mais fiéis do que a disposição de tomar cada dia a sua cruz e negar-se a si mesmos por amor de Cristo.

Existe pouca abnegação na igreja porque aos novos conversos se dá muito pouca instrução. Quão raramente se lhes diz que a abnegação é a primeira característica do cristianismo! Apelando em favor de causas benevolentes, com frequência você encontrará ministros e agentes que nem sequer pedem aos cristãos que renunciem a si mesmos, visando promoção em suas petições! Eles só lhes pedem que deem aquilo que podem dispensar. Em outras palavras, a oferecer ao Senhor aquilo que nada lhes custa.. Que abominação! Os pregadores somente pedem as sobras, aquilo que não se quer, aquilo que  tanto faz dar quanto não dar.

(Charles Finney, Reavivamento, como experimentá-lo. Ed. Vida, p.116)

Comentários

Mais visitadas do mês

Manaém, o colaço de Herodes

Resenha da obra "Ego Transformado", de Tim Keller

Aprendendo com os erros do Rei Amazias

Acolhei ao que é débil na fé - uma reflexão sobre romanos 14.1

E não endureçais os vossos corações (Hebreus 3.7-13)

Os discípulos ocultos de Jesus

A fé segundo Rubem Alves

Panorama do Novo Testamento: O Evangelho de João

O crente egoísta

As atitudes missionárias de Jesus